Imagine a Sua Vida Como um Livro...

O primeiro capítulo começou a ser escrito no período de gestação, sem a sua participação direta. Você nasce, e um novo capítulo se inicia, agora escrito por um grupo maior de pessoas: pais, avós, tios etc. Isto continua por um período, até que você manifeste suas vontades e então passe a colocar a sua marca em seu próprio livro. O fato é que tudo que você é hoje, seus gostos e vontades, suas intenções e comportamentos, seus desejos e perversões, enfim, tudo está referendado em seu próprio livro, sua própria história. Você sabe que ninguém vai dormir, por exemplo, com deficiência de caráter e acorda totalmente modificado, bonzinho. Está escrito em seu livro! Você é o que é porque existe uma história, um trajeto.

Em alguns momentos você resolve repassar o seu livro e percebe então que existem alguns capítulos que realmente não gostaria que existissem, desejando mesmo esquecê-los, apagá-los. Mesmo que os esqueça, temporariamente, sabe que em momentos de revisão tornam a aparecer. Parece impossível eliminá-los.

Na verdade, as transformações são possíveis sempre no tempo presente, no capítulo atual, mesmo que seja pela re-significação do que foi escrito, um novo entendimento. A grande responsabilidade é sua e você pode assumi-la ou eximir-se, lamentar ou arregaçar as mangas. Você escolhe! Você pode mudar a sua atitude em relação ao atual e aos próximos capítulos, ou seja, aquilo que você escreve agora é o mais importante, é o que pode transformá-lo, fazê-lo crescer. Portanto, pense hoje sobre como gostaria que fosse escrita a sua história e mãos a obra. Se precisar, em algum momento, peça ajuda para quem sabe escrever ou já escreveu uma grande obra. Lembre-se que em cada intenção e atitude sua, há um muito de você!

© 2002 - Prof. Ms. Paulo Madjarof Filho - Professor e Psicólogo, Mestre em Psicologia da Saúde pela UMESP.


Pesquise abaixo sobre filosofia:

Elaborado e Idealizado por Rosana Madjarof — Mantido por Carlos Duarte