O Que Você Quer Ser Quando Crescer?

Você já parou para pensar o que move o homem, qual a sua razão existencial? As pessoas normalmente referem-se à realização pessoal como o motor propulsor de suas vidas. Mas então, qual o combustível que alimenta este motor tornando este homem realizado?

Esta é uma questão bastante ampla que deve levar em conta muitos aspectos e peculiaridades da vida humana e as características relativas a cada pessoa. Inicialmente podemos refletir sobre o homem social, cujos valores lhe são imputados desde cedo. Mesmo antes de nascer, a criança recebe as vestes sociais que se materializa após o seu nascimento com o recebimento do registro civil (que também poderia ser chamado de registro social), as roupas e as boas-vindas (!) dos seus. Logo, sofre a interferência dos que a cercam: pais e familiares, professores, religiosos etc. Acredita, então, que é livre e que pode decidir sempre, a cada momento, sem se dar conta de que as suas decisões são baseadas nos valores incorporados que ela não pôde escolher. Estava tudo pronto!

Mas então, o que torna um homem realizado? Aceitação e prestígio? Obtemos prestígio quando nos tornamos alvo de inspiração positiva para outras pessoas, com uma clara demonstração de reconhecimento capaz de tornar favorável a aceitação. O indivíduo prestigiado é reconhecido pelos seus feitos e realizações: títulos acadêmicos, posição profissional, bens materiais, correspondência afetiva, vigor e saúde. Se tentarmos enumerar pela ordem de importância cada item relacionado ao prestígio, veremos que estão intrinsecamente ligados com sua capacidade de obter e administrar recursos, dentro de um determinado contexto, como o adágio popular que diz: "em terra de cego quem tem um olho é rei - e... prestigiado".

Portanto, socialmente seremos aquilo que incorporarmos cuja significação esteja pré-estabelecida e reconhecida, como os valores do prestígio, por exemplo. Um automóvel do ano pode ser traduzido como sucesso e mérito individual, um corpo malhado pode significar saúde, os pré-nomes como Dr. (a) ou Prof. (a), estão relacionados aos méritos acadêmicos e de posição social, a grife das roupas e o modo como se veste indica um estilo de vida, e por ai vai...

Quanto a pergunta sobre o combustível que move o homem, suas razões e motivações, você pode responder agora qual é o seu?

© 2002 - Prof. Ms. Paulo Madjarof Filho- Professor e Psicólogo, Mestre em Psicologia da Saúde pela UMESP.


Pesquise abaixo sobre filosofia:

Elaborado e Idealizado por Rosana Madjarof — Mantido por Carlos Duarte